Dicas para emagrecer de modo saudável, dietas de emagrecimento acompanhadas de exercícios físicos. Emagrecer como técnica de saúde e bem-estar. Pretendemos reunir toda a informação relevante sobre o tema emagrecer e perder peso, dietas e calorias.


Dieta dos pontos

A dieta dos pontos, como o próprio nome sugere, é uma dieta para emagrecer baseada em pontos. Cada alimento têm uma pontuação, e não deve-se ingerir mais do que 320 pontos por dia. Para calcular dieta dos pontos, é preciso consultar a tabela da dieta dos pontos completa, que listamos aqui para você conferir. Nesta tabela de dieta dos pontos completa, estão diversos alimentos consumidos no café da manhã, almoço e jantar, e com ela você pode fazer o calculo dos pontos facilmente.

Na dieta dos pontos para emagrecer, que é uma dieta para perder peso de qualidade, tratando-se de uma dieta balanceada, a quantidade de alimentos que podem ser consumidos é enorme, o que explica porque a nova dieta dos pontos faz tanto sucesso entre as mulheres, e até entre os homens, que ao verem os resultados da nova dieta dos pontos com suas mulheres, também resolvem adoptar esta dieta rápida.

É claro que a dieta dos pontos também têm algumas versões genéricas em livros, como o livro dieta dos pontos rápidos, o livro a dieta dos pontos e outros, porém todos são versões de dietas dos pontos iguais ou parecidas com a que listamos aqui, sem contar que esta que apresentamos é uma dieta dos pontos grátis, e uma dieta grátis em muitos casos é melhor que pagar por uma dieta dos pontos, já que as dietas grátis que encontramos hoje na Internet são muito boas.

Alguns adoptam a dieta dos 30 pontos, que seria o consumo apenas de alimentos da lista que têm 30 pontos. Mas a lista da dieta dos pontos não deve ser vista desta forma, pois o ideal é utilizar a dieta dos pontos completa, vendo toda a lista e consumindo os alimentos que mais gosta, já que esta é a grande vantagem da dieta dos pontos.

Com a calculadora da dieta dos pontos, você pode ver quantos pontos devem ser consumidos por dia:

Saiba tudo sobre a nova dieta dos pontos

Recorde de público e crítica, essa dieta é uma das mais pedidas. Pudera: você escolhe o que quer comer e monta seu prato onde quiser. A nova versão tem apenas uma mudança! Alimentos com gordura trans – a pior de todas – devem ficar de fora. Mas nós mostramos as comidas em que essa inimiga do coração e dos pneuzinhos costuma se esconder. Tirando esse facto, você continua livre para comer o que quiser e perder até 4 quilos em um mês – sem passar fome!

Hambúrguer, maionese, batata frita… Com a dieta dos pontos, você emagrece comendo de tudo. Ops, desde que não tenha gordura trans. É a primeira vez que esse sistema de emagrecimento – um best seller das dietas, há mais de 30 anos na lista das mais seguidas no Brasil – sugere fechar a boca para um tipo de alimento. E existe uma boa razão para isso. A trans engorda mais que as outras gorduras, especialmente no abdómen. Então, veja pelo lado bom. Sem essa inimiga, dá para secar ainda mais rápido a barriguinha.

Na nova dieta, a troca de pães e massas refinadas pela versão integral também ganhou ênfase. “Por serem ricos em fibras, os alimentos integrais aumentam a sensação de saciedade. E isso ajuda a controlar os pontos”, explica Mônica Beyruti, nutricionista da Clínica Alfredo Halpern, em São Paulo. Mas você não precisa se sentir forçada a abrir mão do pãozinho francês ou do arroz branco. Na dieta dos pontos, o pulo do gato continua sendo perder peso de forma prazerosa. Então prepare a calculadora e consulte as tabelas de alimentos para montar seu prato como e onde quiser – em casa, no fast food, na lanchonete, no quilo… E emagreça sem sacrifício!
 
Como funciona
No lugar de calorias, nessa dieta você soma pontos (cada ponto vale 3,6 calorias). Assim, fica livre de um cardápio pronto, colocando no prato só aquilo de que gosta. Claro que tem um limite. Para perder até 4 quilos em um mês, você tem direito a consumir 320 pontos (ou quase 1200 calorias) por dia. Para não perder as contas, mantenha as tabelas que estão localixadas aqui sempre por perto. O ideal é reservar entre 160 e 176 pontos (isto é, entre 50% e 60% do total permitido) para os carboidratos (pães, massas, cereais – integrais, de preferência –, frutas, legumes e verduras). Já as proteínas (carnes, leite, queijo, iogurte – especialmente as versões magras – e grãos) devem somar entre 33 e 50 pontos (o que equivale de 10% a 15% do total) e as gorduras (óleo, azeite, manteiga e castanhas) até 96 pontos (30% do total diário). Só não esqueça que tem gordura embutida em vários alimentos.

Para conhcer menus diários completos que têm por base esta dieta, deixámos 10 menus diários completos aqui.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL